23/02/17

mistérios

Depois de me perder duas vezes e de conseguir a proeza de me enganar uma terceira, mesmo com o rapaz a dar-me instruções em chamada, fui a casa de um amigo. Ele partilha a casa com um outro gajo e, é preciso que se note, nenhum dos dois tem namorada.

A dada altura, o instinto canino que há em mim despertou e eu tive mesmo de ir à casa de banho, ou não fosse eu moça para fazer xixi em todos os lugares onde vai; algo me despertou a atenção. Uma embalagem familiar e um conteúdo mais familiar ainda. Havia ali qualquer coisa que não batia certo.

Não lhe perguntei nada na altura - mas, hoje, com esta minha alma intrigada, liguei-lhe e perguntei qual deles os dois tinha o período e por que raio haveriam de ter pensos higiénicos em casa.

(afinal era só para as sapatilhas)

1 comentário:

Tulipa Negra disse...

Realmente, é estranho. Compreendo que tenhas ficado intrigada =)