02/07/17

dois de julho

Sempre gostei do meu aniversário - por alguma razão tola, gosto da data. Dois de julho: soa bem, soa bonito. Parece a melhor combinação possível aos meus ouvidos; o dois e o julho. Marca o meu início, o meu dia zero, um recomeço a cada ano novo.

Hoje, são 22: sem presentes, com um bolo pequenino e a família à volta da mesa. A possível, a presente, a que resta. (Parte da) que importa. Alguém novo, sentado ao meu lado - e o coração cheio, as tormentas apaziguadas e a certeza de que, o melhor presente de todos, deu-mo a vida.

Agora que chega de coisas lamechas, parabenizem-me.

3 comentários:

Lani disse...

Parabéns! Que tenhas um ótimo dia! :) *

JG Serra disse...

Opá, desculpa. Andava a ver se não me esquecia, mas tenho andado com tantos problemas para resolver, que nem dei pelo início de julho.
shame on me

Muitos parabéns!

Desculpa o atraso. :(

ernesto disse...

Lani, obrigada :)

JG Serra, eu ando péssima com estas coisas também. Não tens de pedir desculpa! obrigada :)