19/04/17

cinderela aconselha

Se há coisa que eu não percebo é o que passará pela cabeça das pessoas que, tendo familiares hospitalizados, se dão ao trabalho de os ir visitar para os deixar ainda pior. A minha sugestão é esta: se não vão para os animar, fiquem em casa.

Este aconteceu no domingo, mas tenho mais uns quantos para exemplo: estava no quarto deste doente quando a tia dele chegou. Aproximou-se da cama, viu a mão ligada, após a amputação do dedo médio, e exclama:

- ai coitadinho... - logo aqui já dava vontade de lhe atirar com a cadeira às costas-  o dedo já foi! se não tens cuidado, a seguir vai o braço.

(tive de me meter)

- ó senhora, isso é lá coisa que se diga?
- então, é a verdade! a seguir fica sem o braço.

Em casa
Esta mulher devia ter ficado em casa. Ou isso ou ser muda - às vezes é melhor do que dizer estes disparates.

4 comentários:

Zé Manel disse...

e a língua da senhora? nao haveria de cair? visitas idiotas....

no one disse...

Este aconteceu ocorreu no domingo??? Traduz lá isto para mandarim. eheheh

A respeito das frases animadoras, a mais adequada para se dizer a um gajo que acabou de ser operado a um cancro, é:
- Tem calma... todos morremos, um dia.
Deu-me vontade de lhe responder: ó parvalhão do caralho, morre tu já amanhã, que a mim não me está a apetecer nada morrer com 52 anos. eheheheh

Luna disse...

As pessoas não têm noção da porcaria que dizem, é o que se vê...

ernesto disse...

no one, opá é o cansaço ahah