09/06/17

pára tudo!

Não foi por acaso - há uns meses que andava a choramingar que queria voltar para o ginásio mas, na roda viva em que ando, não tenho tempo. E também há uns meses que me diziam ah, mas podes sempre fazer exercício em casa!, e podia, que podia, mas, respondia eu, não é bem a mesma coisa.

Talvez tenha ensandecido, talvez tenha esgotado o lote de desculpas: incentivada pelo moço, que por acaso é um moço das corridas, fiz-me à estrada e comecei a correr. Deixem-me que vos diga que foi meio louco inicialmente - eu, a eterna lontra obesa, a gorda que era sempre a última a ser escolhida, a primeira a ser apanhada no futebol humano, aquela que não dava duas voltas ao campo seguidas sem quase cuspir um pulmão e desistir da vida, estava a correr. Por gosto. Wow.

Entenda-se que, nos tempos de ginásio, a corrida só me servia de aquecimento e eu levava a coisa pouco a sério - em boa verdade, andava mais do que corria, porque simplesmente não me apetecia e eu dava-me ao luxo de me arrastar para passar o tempo. Agora é diferente: desafio-me todos os dias. E já (me) falhei algumas vezes, mas também já me senti estupidamente orgulhosa de mim mesma - para quem não conseguia correr dois minutos seguidos sem caminhar durante os dez minutos seguintes para se recompor, vinte minutos sem parar já é uma maratona. 

Há quem diga que agora todos querem correr porque é moda - tanto me faz. Desde que vi sapatilhas com pompons que tenho a certeza de que há modas bem piores; eu demorei, mas acabei por perceber porque correm eles. Acabei por descobrir que há um prazer especial na superação dos próprios limites, nas pequenas vitórias, nessa quase loucura que é correr-se para lado nenhum quando se passa os dias a correr para todo o lado. 

E - como ele diz - agora é sempre a melhorar. E não desistir, nunca.

3 comentários:

A Extraterrestre disse...

Correr é um vicio... Quando, por algum motivo, não consigo ir correr, viro fera...

no one disse...

Corre sempre sozinha. Não o deixes "correr contigo", nem queiras "correr com ele". ahahahahahah

Phoebe disse...

É isso mesmo, não desistir! Força nisso *