10/08/16

férias aos 84 anos

Depois de três séculos a implorar, a desesperar, a rastejar por férias, aproveitei os dois primeiros dias para fazer limpezas e conto passar os próximos de forma semelhante, adormeci a ler depois de almoço e mal consigo andar porque - sabe deus porquê - me dói o pé.

É este o meu triste relato.
No próximo ano, conto passar as férias a fazer concursos de peidos com as outras velhotas.

Sem comentários: