26/07/15

são vidas, pois são

Podia escrever uma coletânea de posts, alusivos ao suicídio, só para vos inteirar da merda em que a minha vida se transformou nos últimos dias a ponto de ter dado por mim a chorar, sozinha, dentro do carro enquanto devorava um mcflurry. Mas não o vou fazer. 

A minha vida não está fácil mas podia ser pior - bastaria, por exemplo, ser como a daquela senhora que hoje esteve a depilar as pernas à minha frente, na praia. Com uma pinça.

Sem comentários: