03/01/16

cinderela, a benanosa.

O que eu acho mais triste nos concursos de talentos é que há sempre gente boa, realmente boa, que fica para trás para dar lugar a criaturas que não cantam um caralho mas contam as histórias da vidinha deles e depois puff: toda a gente chora e eles chegam à final.

Não por serem bons cantores, mas sim por serem bons contadores de histórias.
Great job.

1 comentário:

esperto que nem um alho disse...

São uns artistas, na mesma. xD