19/09/13

credo

Eu também tive aquela crush de que agora me arrependo. Credo, nossa senhora, é que o gajo não tem ponta que se lhe pegue. É labrego, burro, cromo e absolutamente desinteressante. E não, de bonito também não tem nada, nadinha mesmo, nem tão pouco tem ar de rico ou qualquer merda que justifique o facto de eu ter andado a morrer de amores por aquilo.

De cada vez que me lembro de que chorei baba e ranho na noite em que ele me pediu o número de uma amiga, tenho vontade de correr até à cozinha e arrancar a pila com um saca rolhas. A sorte é que, felizmente, nem sequer tenho disso. Cá em casa não usamos saca rolhas.

2 comentários:

fusion disse...

E a amiga deu logo o número, o e-mail, o MSN (suponho que essa história é do tempo do MSN). :P

Patrícia disse...

Acredita que a amiga se sentiu horrivelmente mal... :x