13/09/13

preciso que compreendam que eu sou anti social e tenho mau feitio

Estive hoje uma hora na companhia das adoráveis 38 alminhas que constituem a minha nova turma, que inclui, não só alunos de humanidades e de ciências, como também mais não sei quantos do ensino especial. Uma salganhada do caralho, portanto.

Acredito que neste ponto vos tenha surgido uma dúvida, mas eu quero que fique claro que, apesar do meu evidente atraso mental, eu faço mesmo parte do grupo de alunos de ciências que caíram ali, não sei muito bem porquê. Mas é óbvio que só eu e um rapaz desconhecido - potencialmente giro e com ar de bad boy, mas ainda é um caso a analisar com calma - é que fomos à reunião, o que me conferiu um protagonismo fantástico, como eu adoro. Sério. Nada melhor do que ter uma sala apinhada de criaturas, todas elas com a cabeça virada na minha direção, ao cantinho da sala. Começamos bem.

Já para não falar do momento em que levaram a minha paciência ao limite, e uma gaja tentou travar amizade comigo. É daquelas bem cromas, que uma pessoa nem percebe metade do que elas dizem, e tentou a todo o custo que eu lhe elogiasse a letra. Sim, a letra. E depois disse que eu tinha um nome muito bonito e que adorava o meu apelido. Felizmente, a reunião acabou pouco depois, ou ainda saía de lá com uma pulseira a dizer best friends forever.


4 comentários:

Kyle Phillipe disse...

omg xD adorava ter visto

fusion disse...

Há Dias em que até com o nosso apelido implicam. ahahahahahah

Carolina Pereira disse...

eu tbm odeio que estejam todos a olhar pra mim :/

gostava de ter vido essa miuda, sei la, quando uma pessoa que nao conheces de lado nenhum tenta ser minha amiga a todo o custo, va se la saber porque, soa me a falsidade. manias...

Cáa ஜ disse...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, adorei o final xd !