21/02/16

a pausa no harry potter

- Olha, trouxe bolinhos de canela - diz rosa.
Ari está com os olhos cheios de montanhas e flores da primavera e não ouve nada, pois os olhos repletos de coisas dão cabo do que se ouve.
- Trouxe bolinhos...
Ari levanta-se e sorri, pega em três ou quatro de uma vez e empurra-os para dentro da boca.
- Não sabem a canela.
- Estes não sabem.
- Não há bolos de canela que não sabem a canela.
- Claro que há. Tal como há pessoas velhas que morrem novas e há horas que passam em segundos e há sonhos que acontecem quando estamos acordados, há bolos de canela que não sabem a canela.

Afonso Cruz,
jesus cristo bebia cerveja

Sem comentários: