11/02/16

up & down

Costumo dizer a mim mesma que as coisas más equilibram o mundo e que são precisos dias terríveis para nos ensinar a ser felizes nos dias menos maus - mas esta é só uma daquelas teorias bonitas formuladas num desses dias bons, ou quase-bons.

Os últimos meses têm sido um carrocel. Um daqueles carrocéis de que, num momento, parecemos gostar e, no momento seguinte, nos apetece perder todo o amor à pouca dignidade que tinha decidido andar nele connosco e meter-nos aos gritos para pararem aquela merda. Queremos sair. Queremos respirar fundo fora do drama, do medo, da incerteza. E depois podemos voltar. Ou não.

Talvez isto seja deus a relembrar-me de que não me curte, talvez seja o murphy a confirmar se a teoria dele estava certa - seja qual for a hipótese, espero que fique claro que eu já percebi, podem parar. 

Sem comentários: