29/06/16

habemus progresso

Eu nunca achei piada àquelas gajas que parecem treinar só de soutien, é verdade. Mas, por acaso, ofereceram-me um crop top para treinar - não, não fiquem a pensar em patrocínios e cenas, porque foi mesmo uma oferta da minha dona mommy.

The point is: eu achei sinceramente que nunca o iria usar porque as lontras obesas não são feitas para crop tops. Ou os crop tops para lontras obesas. No entanto, dei o benefício da dúvida.

Hoje foi a primeira vez que tive coragem de treinar com um crop top: possivelmente, não aconteceria num dos meus treinos solitários no ginásio mas, uma vez que hoje fiz um treino especial com duas pessoas com quem me sinto confortável, fui capaz de o usar ao ar livre.

Na falta de mais onde me agarrar, resta-me agradecer a um deus qualquer por me ter estourado com a vesícula: a dieta forçada teve as suas vantagens e estou certa de que, há dois meses atrás, nem o espelho eu deixaria que me visse naquela figura. 

1 comentário:

homem do leme disse...

Já não tens dois melões de Almeirim a fazer de airbag? eheheh