03/11/16

inspirem-se

Quando acharem que a vossa vida é uma merda, pensem no seguinte:

Ontem, um jovem de 95 anos pediu-me um urinol - estava aflito, disse-me. Reparando nas calças molhadas na zona suspeita e no ar do senhor, adivinhei que ia precisar de ajuda.

Meti-o num cantinho, corri as cortinas, mas deixei-o à vontade: virou-se de lado. Achei que podia correr bem, até que ele exclama:

- ao que uma pessoa chega! isto são só peles, nem a encontro!

Observei a genitália com idade suficiente para pertencer a um trisavô meu, e concluí que, de facto, encontrar uma pila naquela salganhada de peles era quase mais difícil do que encontrar o Pedro Dias. Ainda assim, confiei no senhor quando ele introduziu uma pontinha no urinol.

O problema?
Era a pontinha errada. O senhor correu o risco de ficar monocolhão e conseguiu a proeza de mijar em todo o lado, menos no urinol - estranhou sentir a roupa a ficar ensopada, enquanto a minha alma vertia três ou quatro lágrimas interiores e eu me preparava para o despir e mudar os lençóis, all by myself, porque preferi não explicar a ninguém que aquilo aconteceu porque não fomos capazes de encontrar a pila.

1 comentário:

L. das horas disse...

que imagem do inferno...