22/11/16

shame on me

Uma vez que estou, oficialmente, a treinar para old cat lady, comecei a ver a novela também - tenho a dizer que estou medianamente encantada com a amor maior: além de terem captado imagens giríssimas e bem diferentes das paisagens que todas as outras mostram, ainda tiveram a audácia de construir uma personagem que não fosse inteiramente má (nem inteiramente boa) como qualquer ser humano normal. 

Darem um lado bom e fofinho a um vilão, que ainda por cima é giro como tudo, só dá mais vontade ainda de arranjar os 28 gatos e enrolar-me na mantinha.

1 comentário:

Zé do Pipo disse...

Próxima etapa: correres o país de norte a sul, atrás dos concertos do Tony Carreira, com uma t-shirt a dizer:
Tony Faz-me Um Filho. eheheheheh