04/07/14

santa inocência

Houve uma altura da minha vida em que eu me orgulhava de poder dizer que nasci numa noite de verão. Anos depois, continuo sem entender o que me levou a acreditar que havia algo de exótico nisto e que, de alguma forma, me faria parecer sexy e interessante. Também nunca cheguei a saber qual o grau do meu atraso mental, mas creio que seja elevado.

Sem comentários: