18/05/15

picoult resume a minha vida

Uma coisa era cometer um erro; outra era continuar a cometê-lo. Sabia o que acontecia quando nos aproximávamos de alguém, quando começávamos a acreditar que essa pessoa nos amava: ficávamos desiludidos. Quando confiamos em alguém, o melhor é admitir que vamos ser pisados, porque quando precisarmos mesmo dessa pessoa, ela não vai estar lá. Ou isso, ou fazemos-lhe confidências e trazemos-lhe mais problemas do que os que já tem. Só podemos contar mesmo connosco, e isso é mau, se não formos absolutamente fiáveis. 

Jodi Picoult,
frágil 

Sem comentários: