30/05/15

we could have had it all

Não é por mal mas, já se sabe, gaja que é gaja não desiste - foram só precisas umas quatro frases para que eu me apaixonasse pelo mocinho das massagens e o quisesse trazer para casa mas, infelizmente, o rapaz não está disponível para adoção. E foi então que eu me lembrei de uma forma de descobrir o fb da criatura; de tão empenhada que estava, nem cinco minutos demorei.

Provavelmente, ele vai só ficar assustado quando descobrir o meu pedido de amizade e esconder-se debaixo dos cobertores durante, no mínimo, uns três dias, só com medo de que eu o persiga - mas note-se, o único problema do rapazinho é ser mais baixo do que eu e passar-me pouquinho do nível do mamaçal; de resto, apesar de ter todo o ar de quem ainda arrota ao leite da mãe, descobri que é uns míseros cinco dias mais velho do que eu e isso significa que até podemos fazer uma festa conjunta dentro de pouco mais de um mês, para comemorar os vinte anos, e tudo o que ele tem de me oferecer é uma massagem de, sei lá, dez horas, ou coisa que o valha.

Depois também temos o pequeno senão de o rapaz ter namorada, mas tudo bem.

Sem comentários: