13/05/15

também tenho direito pá

Sabem aquela sensação de felicidade de quando chegam a casa e descalçam os sapatos que vos foderam os pés o dia todo? Ou quando correm, finalmente, com um soutien de desporto e deixam de temer que vos saia uma mama disparada pelo colarinho? Ou até quando vos sai um euro na raspadinha e vocês ficam aliviados porque, assim como assim, não perderam nem um cêntimo? Foi isso que senti agora.


E sim, estou a pavonear-me com um comentário fofinho e a mostrá-lo ao mundo só porque me deixou com aquele sorriso rasgado de quem acabou de ver que alguém gosta daquilo que eu mais gosto de fazer neste mundo: escrever.
Pronto, babei, exibi-me - obrigada à sharon demi! - e agora podemos retomar a emissão normal.

Sem comentários: