19/05/15

ready, set, go

Tenho menos de duas semanas para me habituar à ideia de que os elevadores são nossos amigos e não é por parecerem cubículos demasiado apertados para albergarem o meu cu e o resto do corpo que vão parar a meio do percurso e deixar-me a hiperventilar e a morrer de pânico, até que alguém se lembre de ir à minha procura.

Temo que acabe por fossilizar antes de alguém dar pela minha falta. Mas eu vou conseguir.

Sem comentários: