12/09/13

o alfredo ernesto da família

Nunca percebi o porquê da tendência, mas tenho uma tia que, de todas as vezes que me vê, e notem-se que nem são assim tão poucas quanto as desejáveis, insiste em dizer fogo, patrícia, tu estás uma mulher!

Afinal há mesmo pessoas que esperam que, eventualmente, eu me acorde um dia transformada em macho latino. 
Nunca mais faço a depilação.
Nem a barba.

6 comentários:

fusion disse...

Eu não digo que andas com testosterona a mais?...
Até a família espera encontrar-te um dia à porta da taberna a coçar os tomates. ahahahah

patrícia disse...

Não tenho culpa xD

fusion disse...

Só há uma coisa em ti que não condiz com testosterona:
a voz fininha. ahahahah

Lani disse...

ahahahah és um riso!

r: obrigada ^^ Há sim, só não podes deixar de parar nas passadeiras, nos stops, nos semáforos, tens de ceder a passagem quando for o caso... fora isso não há mais nenhum problema :) *

Itor disse...

É chato cortar a barba

Ju. disse...

Ahahaha, também me dizem isso e, quando assim é, costumo responder: Nunca fui um homem... xD
Beijinho*