28/10/13

honest hour

Pode parecer clichê, mas às vezes eu pergunto-me se alguém poderia algum dia gostar de mim. Sério que já o fiz. O problema é que tudo em mim é um turn off, e acho que se algum cego tivesse a infelicidade de se deixar iludir pela minha vózinha de pita de 4 anos e se apaixonasse por mim, acabaria por cometer o suicídio em menos de nada. E antes que venham com a ideia de que eu sou só uma attention seeker, esqueçam; eu acredito mesmo nisto. Juro que sim. E nem tão pouco estou a gozar quando me refiro à cena do apartamento com 20 gatos.
Parte de mim, não espera nada de melhor da vida. Ninguém que me olhe duas vezes.

E se isto me deprime? Sim. Deprime-me pra caralho mesmo.

2 comentários:

JS disse...

Quando é que deixas de te autoflagelar?

patrícia disse...

Pois está claro que é attention seeker, mas é óbvio que eu sou retardada e perita em dar erros absurdos xD