24/06/14

felicidade, mais ou menos

Felicidade foi encontrar o eu ainda hei de amar uma pedra, do antónio lobo antunes, inesperadamente na biblioteca. Infelicidade é andar desde sexta feira para lhe pegar e não conseguir porque a) me sinto culpada por estar a ler e não a estudar e b) ando com a cabeça a mil. Está fodido.

Sem comentários: