30/06/14

let it go

Tinha prometido a mim mesma que era a última vez que tentava, e foi mesmo. Correu mal, como é óbvio e estou estupidamente triste - mas não morro disso. Já aceitei que não vale a pena insistir e nem eu tenho feitio para isso. Então? Voltamos ao início, ao zero. Ou ao menos cinco. Tornou-se mais ou menos óbvio que afinal é mesmo o tchau aí, até nunca. Muito obrigada.

Sem comentários: