22/06/14

é fofo mas não

Acho absolutamente adorável que ele saia à noite e me ligue só porque diz que se derrete todo com a minha voz, e acho ainda mais adorável que ele me tenha enviado uma foto da cama para me mostrar que ia dormir sozinho por eu estar sempre a dizer que vai arranjar outra na próxima festa. Ele é um doce, sim. Mas não é o ele que me importa e, por mais que eu tente aceitar os elogios como uma massagem ao ego, não consigo sentir nada. Gosto dele mas não é dele que eu gosto. Faz-me sentir estranha.

Sem comentários: