11/06/14

patrícia, porque é que não tens amigos?

Comecei a apontar aqui as frases de livros que mais me marcavam para ter a certeza de que não as perdia, mas acabei por me aperceber de que decorei, não só estas mas outras que nem chego a apontar, e que me lembro delas assim no meio do nada.

Isto faz de mim aquela amiga estranha que, a meio de uma conversa, se lembra de citar um livro que leu há 49 anos atrás, e que dizia que gajas chatas como eu acabam por morrer virgens e rodeadas de gatos. Sério. É preciso paciência para me aturar.

Sem comentários: