13/06/14

por ser sexta feira 13

Para alguém absolutamente paranóico com os pêlos, tipo eu, o dilema do verão consiste na escolha entre a) esperar que o pêlo cresça o suficiente para fazer a depilação a cera ou b) tratar do assunto à homem e cortar metade das pernas a ceifar os pêlos com a gillete. Confesso, mea culpa, que por ser incapaz de esperar e por ser igualmente incapaz de me passear de pernas ao léu a parecer prima do chewbacca, acabo por escolher o b) muitas vezes e arranjar ainda mais razões para  preferir o a). 

Porquê?
Porque, por mais que me esforce, além de fazer mais cortes do que o governo, acabo sempre por reparar, mais tarde, de preferência fora de casa, que deixei uma fila de pêlos que parecem os sobreviventes de uma guerra sangrenta. Sempre. Não me lembro de ter havido uma única vez em que correu tudo bem.

Está calor e amanhã quero ir de calções. Acabei de barbear les jambes. Oremos.

Sem comentários: