14/12/14

a ti que cheiras mal

Não é que eu goste particularmente de ti ou que tenhas a mínima importância mas, já que sei que perdes o teu tempo a ler os disparates que arroto aqui no antro, lembrei-me de que podia ser simpático da minha parte aproveitar para te dar os parabéns de uma forma mais original do que os teus amigos, grupo onde, aliás, eu não me enquadro porque, repito, não sou nem nunca vou ser tua amiga. Mas mereces que eu me dê a este trabalho por me aturares os constantes surtos psicóticos, por teres toda a paciência do mundo para os meus dramas absolutamente desinteressantes e, sobretudo, por ainda não me teres deixado fugir apesar de eu estar sempre a tentar bater-te com a porta na cara. 

Desejo-te uns 20 anos cheios de boas fodas, beijinhos na tosta e abraços apertados até te saltarem os olhos. E, claro, que sejas o próximo campeão. Pelo menos, aposto que tens treinado o suficiente. Um beijinho à esquimó!

Sem comentários: