21/12/14

isso isso

É esse querer sabendo que não devia, esse gostar sabendo que não posso, e essa certeza de que vale mais meter-me ao fresco e fugir a correr mas, oh, está tão quentinho aqui.

Sem comentários: