04/10/13

também conheço bem o preço de ser diferente sem o querer

Por mais que tente, nunca vou conseguir entender o prazer em gozar com pessoas deficientes. Tenho visto isso acontecer diariamente, e essa gente mete-me nojo. Querem-se rir? Riam-se dos putos do swag, das pessoas sem noção que se vestem da maneira mais absurda, do excesso de maquilhagem. Riam-se de escolhas, não se aproveitem de quem tem de aprender a lidar com algo que não pode mudar. Palavras também magoam, e gargalhadas mais ainda, quer acreditem nisso ou não. E se alguns não se apercebem de que estão a ser gozados, também há quem sofra com isso. E falo como alguém que conhece bem o preço de se ser diferente - não, ainda que possa parecer, não tenho nenhum atraso mental, mas sou a aberração da zona.

Pode parecer divertido visto de fora, mas o lado de cá é um sítio horrível para se viver.

9 comentários:

Kyle Phillipe disse...

vês? és uma cabra com bom coração e com toda a razão naquilo que dizes.

Sofia Moreira disse...

tens tanta razão :/ nunca deixes de dizer o que pensas :)

Jô. disse...

Tu não és aberração nenhuma, mas, tirando isso, este post está muito acertado!
Beijinho*

stroller disse...

Riam-se das escolhas. Está tudo dito. :\

Marisa Maria disse...

Concordo. Há gente muito insensível e sem noção.

Estupidez (em) Crónica disse...

Oh rapariga, essa auto-estima anda mesmo pelas ruas da amargura...
Eu não te conheço, não sei como és durante o dia-a-dia, não sei o que mostras de ti aos outros, mas uma coisa eu sei: quem escreve assim, não pode ser uma pessoa desinteressante. Quem escreve assim tem personalidade, inteligência, sentido de humor, sentido crítico... Achas isso pouco? O que é que te falta para seres "fixe"? Corpinho de top-model? Carinha de anjo da Victoria's Secret? Sou pouca mais velha que tu (devemos fazer uma diferença de 7 anitos) mas posso-te já dizer que essas tuas colegas que agora são todas boas e que tu gostarias de ser ainda te vão surpreender daqui a uns anos. Muitas das minhas colegas super populares e giras e jeitosas nos tempos de secundário agora são gordinhas e perderam a graça que tinham. Não se desenvencilham tão bem na vida como costumavam fazer nos tempos de escola. Outras, que nunca tiveram a cara nem o corpo perfeitos, são agora mulheres felizes e independentes, têm amigos, têm namorados que gostam muito delas e que não as trocavam por nenhum desses ideais de beleza. Se calhar estás descrente em relação ao que estou a dizer, mas acredita que é verdade. Daqui a uns anos vens cá confirmar isto ;) Entretanto, e se puderes, arranja-te bem, tira um tempinho antes de saires de casa para investires um bocadinho em ti e na tua imagem (em primeiro lugar por ti e só depois pelos outros) e convence-te de uma vez que uma pessoa completamente "gostável". Estou a falar a sério. E aplica-te nesses estudos, porque me parece que estás urgentemente a precisar de mudar de ares e de conhecer gente nova! Vais ver que o melhor ainda está para vir :)

patrícia disse...

Oh :s ias-me fazendo chorar! Nem sabia que ainda andavas por aqui :/
Nem eu sei. Eu odeio quase tudo em mim mesmo. Mas obrigada, a sério. Muito obrigada :|

Estupidez (em) Crónica disse...

O blogue está parado porque neste momento não tenho mesmo tempo/inspiração/energia para o manter actualizado. Mas talvez daqui a uns tempos volte a escrever umas coisas, já tenho saudades :) mas às vezes venho aqui ler os blogues de que gosto, embora não costume comentar. Mas agora tive mesmo de dizer qualquer coisa. Eu tenho fé que esse teu sentimento ainda seja fruto da adolescência (afinal, ainda estás nessa fase, ainda que no final). O palco da vida não vai ser sempre a escolinha secundária, miúda. Há muito mais para além disso. E tu és uma pessoa muito interessante (eu não leio blogues de pessoas desinteressantes, pá! :P). Investe em ti e não te trates tão mal. Lá diz o anúncio "se eu não gostar de mim, quem gostará?". Quando começares a fazê-lo, tudo à tua volta se vai começar a compor :)

patrícia disse...

Lembro-me bem do teu blog. Conheci-o logo ao início, e só parei de o seguir porque fiz uma limpeza geral aos blogs que seguia e tirei os que já não eram atualizados. Mas se algum dia voltares, terei todo o gosto em ler, porque me lembro de que os teus posts tinham sempre piada :p
E obrigada pelo comentário, mais uma vez. Oh, eu nunca gostei nada de mim. Houve uma altura em que quase gostei um bocadinho, mas passou :/
Espero mesmooo ser mais feliz do que isto! :s