07/02/15

vidas tristes

Em temos temi que o facto de eu só conseguir desenvolver as minhas skills em mandarim quando estou bêbeda pudesse pôr em causa o meu futuro promissor - esse pesadelo acabou.

Ontem, devo ter demorado apenas uns trinta segundos a adormecer - mas depois, não sei precisar quanto tempo mais tarde, chegou a já habitual mensagem foficoisa de boas noites. De alguma forma, eu devo ter acordado e continuado a dormir, tudo em simultâneo, porque eu respondi e não me lembro de tal coisa. Só sei que hoje de manhã percebi que o meu futuro não está arruinado nem dependente de uma inscrição nos alcoólicos anónimos quando encontrei a mensagem, por mero acaso, e dizia:

eu adoro. adoro mesta.

Creio que a intenção fosse escrever eu adoro-te. adoro mesmo. mas não tenho tanta certeza acerca disso quanta tenho sobre isto ter sido obra do demónio. Fordalóbeógod.

Sem comentários: