28/07/13

podia ser sobre mim.

Tudo em mim é a tendência para ser a seguir outra coisa; uma impaciência da alma consigo mesma, como uma criança inoportuna; um desassossego sempre crescente e sempre igual. Tudo me interessa e nada me prende.

Bernardo Soares,
livro do desassossego

2 comentários:

Estudante disse...

O Fernandinho não desilude ;)

somaijum disse...

És tu e o António Variações:
Só estão bem aonde não estão. Ahahah
Esse livro parece fixe.