07/06/14

para quem já leu o bom inverno

Ao fim de uma eternidade, porque o tempo tem andado curto, acabei ontem de ler o bom inverno, do joão tordo. E então? Estou chateada! O livro, tal como eu achei que seria pelas críticas que li antes, é bom. É mesmo muito bom. A história, apesar de não ser nada de excecional, está bem conseguida e consegue prender o leitor - é um livro cheio de suspence e também dá aso a algumas reflexões. 

O problema é que, ao longo da história, vamos colocando questões, vamos criando expectativas e o final não se revela nem metade do estrondoso que o resto da trama parecia prometer. Honestamente, não percebi um caralho.

Para quem já leu: se o narrador dá a entender que não sabe mesmo o que aconteceu na noite da morte do metzger, porque é que ele conta aquela história toda ao bosco? E, partindo do princípio que é inventada e que, tal como me pareceu, era a junção de outras pequenas histórias que ele foi ouvindo durante a estadia em sabaudia, porque é que ele escolheu a nina e o vincenzo para culpados quando podia ter escolhido, por exemplo, o roger e a stella, tendo em conta que ele nem morria de amores por ele? Ou referido que o culpado era o pym ou o mcgill que, já mortos, não tinham nada a perder? E o que raio se passou com a olívia desde que chegou?

Estou baralhada. Assim não gosto.

Sem comentários: