30/05/14

gostava de me entender

Ainda não percebi ao certo como é que eu faço isto, mas todos os dias eu dou três passos à frente e todas as noites eu volto cinco passos para trás. É mais ou menos a isto que me refiro quando digo que estou perdida - tenho medo de acreditar e tenho medo de não acreditar. Tenho medo de ir e tenho medo de ficar. Tenho medo e não sei muito bem o que fazer; gostava de conseguir não fazer nada, mas isso não é do meu feitio. Entendem a confusão? É, nem eu.

Sem comentários: