29/09/14

o mal da existência

Costumava rever o mr nobody sempre que precisava de tomar alguma decisão importante, mas depois percebi que isso acaba por ser absurdo e que não existem decisões importantes e outras insignificantes - todas, de alguma forma, fazem a diferença. E, na maior parte do tempo, nem nos apercebemos de que as tomámos e de que elas mudaram a nossa vida.

Sem comentários: