31/12/13

curtas

As únicas pessoas que parecem continuar orgulhosas de serem portuguesas são os emigrantes, que chegam ao ponto de se auto-intitularem de tugas em vez de usar o nome próprio nas redes sociais. Depois existo eu.

Sem comentários: