30/12/13

trust no human being

Já não posso ver estados sobre a passagem de ano. E sim, isto é mesmo o meu lado mais frustrado, amargo e invejoso a falar mais alto, tendo em conta que a minha vida social atingiu um ponto demasiado deprimente até para mim, e vou ficar em casa a deprimir porque cenas.

Depois eu digo que quero arranjar amigos, mas acho que não quero. Não gosto de pessoas.

Sem comentários: