28/12/13

meus amores,

Começo a desconfiar que o típico estás enorme, patrícia, cresceste imenso!, dito por toda e qualquer pessoa da minha família mais afastada - entenda-se, tios-avôs, primos em 829721092º grau, and so on - de cada vez que me põem a vista em cima, não é mais do que uma forma de me chamarem gorda, tendo em conta que, ainda que não sendo propriamente pequena, eu tenho mesmo 1,68m desde os 13 anos.

Isto quer dizer, mais coisa menos coisa, que eu não cresço há cerca de 5 anos. Se calhar já é altura de pararem com o choque do ahhh, estás quase da altura da tua mãe! Agradecida.

Sem comentários: