27/12/13

só isto

No início deste ano, estava toda fodida da vida por ainda não poder entrar para a universidade, por ter de ficar a fazer disciplinas do 11º ano, ainda por cima. E, deixem-me que vos diga, é estupidamente frustrante voltarem atrás quando já estiveram no 12º.

Contudo, agora, e à medida que o tempo passa, acho que até estou contente por ter ficado. Não estou preparada para entrar na universidade. Não estou preparada para as exigências em termos de estudo. Juro. O meu problema é estar mal habituada; nunca criei hábitos de estudo. No básico, era das melhores da turma, sem ter de me esforçar nada. E depois, no secundário, apesar de bastante mais difícil, habituei-me a fazer o mínimo para passar. Fodi-me - como é que podia não me foder? Física e química e matemática não são para brincadeiras, e viu-se o resultado. 

Mas acho que, mesmo agora, continuo mal habituada. Ainda não me ambientei com a ideia de que tenho mesmo de estudar. Ainda não me assustei a sério, é o que é. E devia.

De qualquer forma, sempre é preferível ter ficado mais um ano do que ter feito como tantos outros; entraram num curso qualquer e logo se vê no que dá. Mas entrar só para poder dizer que entrei na universidade e fui praxada como os outros, e fui a montes de festas, não faz parte dos meus planos. Também tenciono ir às aulas e acabar o curso antes dos 40 anos. Sei lá. Pode dar jeito.

Sem comentários: