26/12/13

são vidas

Estou mais ou menos grata ao pobre neurónio solitário por nunca ter feito de mim o tipo de pita que escreve um testamento em cada descrição de foto para dizer às amigas o quanto as ama para toda a vida.

O pior é que eu ainda vejo gente da minha idade a fazer isso.

Sem comentários: