27/12/13

por estes dias

Desde que me lembro de mim que tenho este feitio explosivo. Fodido de aturar, até, porque reconheço que às vezes exagero. Mas o problema não está, de todo, nas pessoas que me fazem explodir. O problema está naquelas com quem eu não me consigo chatear a sério, ter um ataque de raiva e dizer tudo de uma vez; essas são as que eu tenho medo de magoar mais do que a mim mesma, e então prefiro nem dizer nada e afastar-me. E, incontornavelmente, são essas as que me magoam.

Sem comentários: