08/05/16

confessions.

[abro a caixa das mensagens só para ler o teu nome - no meio da dor, lê-lo parece-me estranhamente confortável, como se continuasses comigo só por ter esta prova de que um dia estiveste. tenho saudades tuas. acordo durante a noite e continuo à espera que consigas fintar o bloqueio e que me ligues. fico à espera de ouvir a tua voz outra vez, fico à espera que me faças fingir que nunca voltaria atrás com a minha palavra, enquanto corro de novo para ti. lembrar-me de ti deixa-me de lágrimas nos olhos; ainda não consegui obrigar-me a aceitar que te perdi e que já nada há a fazer por nós. quis que me entendesses, quis que me tentasses ententer. quis que não desistisses de mim tal como eu não desisti. tentei sentir-me especial para alguém desta vez. tentei que me viesses buscar ao sítio para onde me atiraste; ontem li um livro e aqueles dois éramos nós. ela passou anos a ser maltratada pelo marido, ele pedia desculpa, ela desculpava. não o queria magoar. sentia-se culpada até por aquilo que não fez - aqueles éramos nós. não nós antes, nós agora. este nós estranho que surgiu e que nos desfez os nós atados com amor há muito tempo atrás - gosto de ti e mandei-te embora. minto: pedi-te que te decidisses ou que partisses de vez. achei que entenderias. achei que saberias interpretar-me, que ias entender que me estavas a magoar. e que te ias lembrar de tudo: não mereço o mal que me fazes. ou fazias. aqueles dois éramos nós, mas depois deixaste de pedir desculpa. mas eu não deixei de gostar de ti, nem de te perdoar em silêncio só por não saber odiar, só por não saber gostar menos. só por já não saber de mim, por já não me lembrar de como era o mundo antes de eu ser a tua ticas. nós éramos eles mas eu não queria saber porque me fazias feliz nos intervalos. davas-me motivos para sorrir, davas-me força para continuar. davas-me a certeza de que estarias sempre aí para mim, tal como eu estaria para ti. dizias que gostavas de mim, e eu acreditava. mentiste.]

1 comentário:

homem do leme disse...

Ou não. Gostava, mas pode ter deixado de gostar. :|