06/05/16

sobre o amor.

Dorothea levara anos a compreender, mas agora acreditava convictamente: o amor é assim. Não se pode pintar a preto e branco. Acabava sempre por ser uma mistura estranha de tons de cinzento.

Jodi Picoult,
ilusão perfeita

1 comentário:

homem do leme disse...

Já dizia o MEC: O amor é fodido. lol