10/05/16

por outro lado

Há gente com quem não tenho qualquer afinidade, que não faz parte do meu dia a dia mas com quem, por algum motivo, me cruzei no passado - e sigo-lhes a vida ao longe, como espetadora, comemorando em silêncio vitórias que não são minhas. Porque há gente que merece mesmo toda a felicidade do mundo.

1 comentário:

homem do leme disse...

É fácil gostar de pessoas que estão longe. Pior é ter que lidar (levar) com elas todos os dias. xD