11/12/13

sobre o teste de matemática em vésperas de física.

Uma coisa é eu ser burra, infinitamente burra, e perceber tanto de matemática quanto de russo, e o teste correr-me mal. Outra, completamente diferente, é eu saber que até consigo fazer as coisas, que percebo a matéria e que até me safo muito bem a fazer exercícios em casa, e chegar ao teste e só fazer merda.
Não me perguntem o que aconteceu. Safoda. Amanhã há de ser pior.

Sem comentários: