28/04/14

notícias de longe

Há poucas coisas melhores do que ouvir um até domingo! e saber que desta vez é mesmo até domingo, que domingo não vai ser pelo telefone. Que domingo, os (muitos) mais de mil quilómetros que nos separam, desfazer-se-ão em milímetros e poderemos, finalmente, abraçar essa pessoa.

Desde pequena que estou habituada às partidas e às chegadas, mas nem por isso fico imune aos sentimentos que elas envolvem - e hoje, estou um bocadinho mais feliz.

Sem comentários: