28/03/15

bem feita para mim

O problema não está realmente naqueles dias em que temos dores tão fortes que não temos outro remédio senão aceitar ajuda e ir ao médico. O problema está em todos os outros dias que ignorámos sintomas porque, afinal, deviam ser normais. Porque é normal ter-se uma dorzita aqui e outra ali de vez em quando - a vizinha da prima da cunhada da minha avó também tinha e não era nada de mal. É normal.

E as dores juntam-se. Os problemas também.
Mas nunca é nada, nunca vale a pena ir ao médico.
(isto tudo porque a palavra cirurgia continua a martirizar-me. e a ideia da bomba relógio também. acho que só volto a dormir quando finalmente chegar a consulta)

Sem comentários: