27/03/15

robin and stubb

És, definitivamente, um idiota. Não só por hoje, e também não só por ontem. E para falar a verdade, não vai ser só por amanhã também. Mas é por tudo, Stubb. Tu tens-me nas tuas mãos, para fazeres o que quiseres. E entre todas as opções do mundo, sempre preferes perder-me. Preferes fingir que te esqueceste e agir como se não te importasses. E tu és tão teimoso quanto eu. Retorces todas as situações, complicas tudo que é fácil. Tu consegues desarrumar tudo aquilo que eu arrumei. E eu sempre teimo em gostar dessa desarrumação. Tu és a pessoa mais idiota do mundo. E ainda assim, és tu quem eu sempre procuro. É do teu colo que eu preciso sempre. É a tua desarrumação que eu quero. Ainda que me complique, que me afaste, que me desarrume totalmente e que me vire do avesso.

Melhor do que um espelho.

Sem comentários: