01/03/15

atrasada mas forte, claro

Há dias em que eu acho que tenho problemas sérios, mas há outros em que eu tenho a certeza disso. Esta noite, por exemplo, sonhei que tinha ido dar uma volta com a minha avó, sabe deus onde, de carro, e tinha-o estacionado num terreno de terra batida em frente a uma casa.

Quando voltei, estava cercada; tinha carros por todo o lado e, a não ser que o dito desenvolvesse asinhas, era impossível sair de lá. A não ser, claro, que um deles saísse. E foi então que eu decidi pegar no smart e ir metê-lo na varanda da dita casa, cheia de orquídeas, assim, como se aquilo não pesasse nada e fosse comum as pessoas andarem com um debaixo do braço. Mas pior - não era um smart qualquer; aquilo encolheu tipo o autocarro cavaleiro e ficou só com um lugar. 

Pelo que me lembro das teorias maradas do freud sobre os sonhos, creio que tenho um atraso mental profundo.

Sem comentários: