02/12/13

mete-me nojo

Nunca vou entender o que é que leva as pessoas a fingirem que gostam umas das outras. Mais ainda se a pessoa em questão, a pessoa detestável em questão, nem sequer tiver nada para oferecer - don't get me wrong, também não sou a favor de se usarem as pessoas como objetos a bel-prazer, mas torna-se ainda mais incompreensível para mim que finjam gostar só porque sim. Então mas anda tudo doido? É só para parecer que têm muitos amigos?

Eu prefiro ser a cabra anti-social, prefiro estar sozinha, prefiro ser a aparentemente inacessível, a dar-me ao trabalho de fingir que gosto das pessoas que não suporto. Se não gosto, digo que não gosto e vou à minha vida. E não, não me arrependo minimamente disto - só me arrependeria se mudasse. 

Sem comentários: