24/10/14

ajuste de contas

Vocês pensam que o mundo está louco mas este verão tardio não é mais do que uma forma de o são pedro foder aqueles riquinhos que acham que são mais do que os outros porque têm dinheiro para festejar a passagem de ano de calções e pézinho descalço na areia de uma praia paradisíaca - tumbas! Portugal, este querido país à beira mar plantado, virou tropical e este ano sou eu quem faz questão de passar o rébéion de bikíni e caipirinha na mão, que ah e tal sou pobre mas agora aqui também já se vive bem e já temos calor em dezembro. 

Por este andar, a missa do galo pode ser na praia também. 

Sem comentários: